segunda-feira, 17 de março de 2008

O silencio

antesdeexistircomputadorexistiatevêantesdeexistirtevêexistialuzelétricaantesdeexistirluzelétricaexistia bicicletaantesdeexistirbicicletaexistiaenciclopédiaantesdeexistirenciclopédiaexistiaalfabetoantesdeexistir alfabetoexistiaavozantesdeexistiravozexistiaosilêncioosilênciofoiaprimeiracoisaqueexistiuumsilêncio queninguémouviuastropelocéuemmovimentoeosomdogeloderretendoobarulhodocabeloemcrescimentoe amúsicadoventoeamatériaemdecomposiçãoabarrigadigerindoopãoexplosãodesementesobochãodiamante nascendodocarvãohomempedraplantabichoflorluzelétricatevêcomputadorbatedeira,liquidificadorvamos ouviressesilênciomeuamoramplificadonoamplificadordoestetoscópiododoutornoladoesquerdodopeito essetambor

arnaldoantunes

2 comentários:

Ana Paula Casagrande Cichowicz disse...

respondoamusicadograndearnaldo
antunescomumtrechoescritopela
grandeclaricelispector...

"Entre duas notas de música existe uma nota, entre dois fatos existe um fato, entre dois grãos de areia por mais juntos que estejam existe um intervalo de espaço, existe um sentir que é entre o sentir - nos interstícios da matéria primordial está a linha de mistério e fogo que é a respiração do mundo, e a respiração contínua do mundo é aquilo que ouvimos e chamamos de silêncio".

claudia melissa disse...

bicicleta, bicicleta, bicicleta!!!

adoro essa música. parabéns pelo blog. passarei por aqui mais vezes.
bjo