quarta-feira, 12 de agosto de 2009

O massacre da serra elétrica

Segue um fato bem peculiar que ocorreu durante uma prática que eu ministrava aqui na Ilha de Santa Catarina. Durante a reforma do espaço físico da escola as aulas continuaram acontecendo normalmente, mas isso não impediu que alguns contratempos existissem.

Observe o causo: sala cheia pela manhã, turma bacana formada por praticantes já antigos, todos dedicados e concentrados no Yoga. Finalzinho do yoganidra, todos com corpo e mente já tranquilos se ajeitando para a meditação que se iniciaria em instantes. Tudo lindo, tudo nos conformes. Sem exageros, dava para sentir a vibração de paz naquela manhã.

Sem pedir licença, seu Robson, marceneiro competente e simpático responsável pela reforma da recepção, liga sua serra tico-tico e começa seu extremamente barulhento trabalho. Nem precisa falar que o clima da sala mudou. Drasticamente! Eu praticamente lia os pensamentos de raiva, ódio, desprezo e outras coisas não tão amáveis vindas da mente de cada praticante.

E agora professor, como sair dessa? Como trazer o Yoga para essa situação? - por sorte anos antes algo semelhante ocorrera num grupo de meditação Zazen do qual eu participara. Ao invés do marceneiro, o incomodo era o som de um carro que estacionou em frente ao espaço. Todos do grupo se incomodaram da mesma maneira citada acima. Porém o monge japonês, em sua sabedoria, esperou calmamente vinte minutos até o final de meditação para concluir apenas isto: "Meditar em silêncio fácil, meditar com barulho difícil mas verdadeiro".

Não exitei em citar meu antigo professor, e utilizando suas palavras conseguimos transformar uma situação que parecia perdida em um tema para a meditação que se iniciava. Respire... concentre-se no som da serra elétrica e relaxe!

*** artigo publicado originalmente na Revista Prana Yoga Journal de agosto/2009

3 comentários:

Helena disse...

ADOREI! que jeito bacana de falar de coisa séria! Muito legal mesmo!

Roberto disse...

olha só o "seu robson" ajudando na aula de yoga! legal mesmo o texto! valeu

Mariana disse...

nossa que legal as ultimas postagens... voce ficou tempo sem postar, ate esqueci de entrar aqui! adorei adorei adorei adorei! os poemas principalemente! até =)